Obras de Portinari em retrospectiva digital no Google Arts & Culture - Galeria22
A Galeria 22 está no mercado há mais de 20 anos e procura levar aos seus clientes o que há de melhor na arte brasileira, sempre com o objetivo de valorizar o investimento de quem se interessa por esse mercado.
galeria, obra de arte, escultura, pintura, gravura, desenho, artistas brasileiros, exposições
23490
post-template-default,single,single-post,postid-23490,single-format-standard,theme-bridge,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1200,hide_top_bar_on_mobile_header,columns-4,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.5.4,vc_responsive

Obras de Portinari em retrospectiva digital no Google Arts & Culture

Obras de Portinari em retrospectiva digital no Google Arts & Culture

Detalhe de “O Mestiço” (1934), de Portinari

Ferramenta lançou uma exposição virtual, imersiva e completa, que reúne cerca de cinco mil obras digitalizadas do artista

Pela primeira vez, o Google Arts & Culture – plataforma que disponibiliza o acesso a obras de arte de diversos museus e instituições do mundo – oferece uma retrospectiva dedicada a um artista brasileiro: Candido Portinari.

Em “Portinari: O Pintor do Povo“, estão reunidas cerca de 5 mil obras do artista, ao lado de 15 mil cartas e documentos de seu acervo virtual. A coleção está dividida em 20 exposições, que apresentam detalhes da vida do artista e ferramentas que permitem explorar suas obras por ordem cronológica ou pela cor predominante em cada pintura.

A coleção virtual é o resultado de uma extensa parceria e colaboração entre museus e instituições culturais lideradas pelo Projeto Portinari, fundada por João Candido Portinari, filho do pintor.“Quando nós começamos, há 40 anos, não tínhamos ideia do paradeiro dessa obra. Foi um trabalho de formiga no mundo inteiro para encontrar tudo. Eu pensava que não ia viver para ver isso acontecer”, contou João durante o evento de lançamento da mostra, na Pinacoteca de São Paulo.

Imagem da obra 'Café', de Candido Portinari (1935) Foto: Da Coleção Museu Nacional de Belas Artes

Imagem da obra ‘Café’, de Candido Portinari (1935) Foto: Da Coleção Museu Nacional de Belas Artes

Portinari: O Pintor do Povo

Quem visitar o acervo digital poderá conferir inclusive o manifesto-carta para Rosalita, uma amiga do artista da época. No documento, Portinari descreve as cores e as realidades do país.

Além de detalhes das pinturas, o Google ainda criou um tour, em Street View, na casa do artista em Brodowski, no interior de São Paulo. Os internautas poderão conferir de forma imersiva espaços e exemplos da rotina de Portinari.

Os famosos painéis “Guerra” e “Paz” (1952), em exibição na sede da ONU (Organização das Nações Unidas) em Nova York, também podem ser apreciados.

Cada exposição traz informações sobre a trajetória do artista e suas obras.

“Guerra” e “Paz”, expostas no prédio das Nações Unidas

“Guerra” e “Paz”, expostas no prédio das Nações Unidas

Gigapixels

Uma das novidades é a captura em altíssima resolução, com gigapixels, pela Art Camera do Google. É possível observar o detalhe e a direção das pinceladas de Portinari. Destacam-se as obras O Mestiço, de 1934, Lavrador de Café, do mesmo ano e Café, de 1935. Além de ver as pinturas de perto, o Google ainda disponibiliza uma série de informações sobre cada uma delas.

Números da coleção Portinari: O Pintor do Povo

  • 20 exposições virtuais, com curadoria de pesquisadores sobre o artista
  • 10 quadros e painéis capturados pela Art Camera (Gigapixel)
  • 5 mil obras de arte digitalizadas
  • 15 mil documentos históricos, cartas e fotografias
  • 6 instituições culturais: Pinacoteca de São Paulo, Museu Nacional de Belas Artes, Fundação Ema Klabin, MASP, e Museus Castro Maya, além do Projeto Portinari.

Democratização da arte

A retrospectiva do artista ocorre em um momento importante para a história da arte, onde um extenso acervo é digitalizado e democratizado, tornando-se um pouco mais acessível para o público. O objetivo do Google é expandir a história do Brasil, através da arte de Portinari, em escala mundial, celebrando o talento regional.

A coleção está disponível, gratuitamente, através deste link e também no aplicativo Google Arts & Culture para dispositivos móveis.

Fonte: TouchofClass