Galeria22 | A retrospectiva mais completa da obra de Rafael
A Galeria 22 está no mercado há mais de 20 anos e procura levar aos seus clientes o que há de melhor na arte brasileira, sempre com o objetivo de valorizar o investimento de quem se interessa por esse mercado.
galeria, obra de arte, escultura, pintura, gravura, desenho, artistas brasileiros, exposições
25587
post-template-default,single,single-post,postid-25587,single-format-gallery,theme-bridge,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,no_animation_on_touch,qode_grid_1200,hide_top_bar_on_mobile_header,columns-4,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.5.4,vc_responsive

A retrospectiva mais completa da obra de Rafael

A retrospectiva mais completa da obra de Rafael


exposição Rafael - Virgin and Child with the Young Saint John the Baptist

Para marcar os 500 anos de morte de um dos nomes mais consagrados do Renascimento, algumas mostras prometem ser inesquecíveis, como “Raphael”, que acontece de 3 de outubro a 24 de janeiro de 2021 na National Gallery, em Londres. Trata-se de uma grandiosa – talvez a maior até hoje – retrospectiva deste que foi pintor, arquiteto, arqueólogo e poeta.

exposição Rafael - Portrait of Pope Julius II
Portrait of Pope Julius II (1511)

Entre as obras mais conhecidas de Rafael, podemos esperar para esta exposição os belíssimos quadros The Madonna and Child with the Infant Baptist (1509), Virgin and Child with the Young Saint John the Baptist (1508) e Portrait of Pope Julius II (1511).

exposição Rafael - The Madonna and Child with the Infant Baptist
The Madonna and Child with the Infant Baptist (1509)

“Em uma carreira que durou apenas duas décadas, ele moldou o curso da cultura ocidental como poucos artistas na história”, diz o site do museu. Pinturas, desenhos, poemas, esculturas, tapeçarias e arquitetura reunidos de maneira inédita graças a empréstimos do Louvre, do Museu do Vaticano da Galleria degli Uffizi e do museu do Prado.

O bom de saber tão cedo é que a gente consegue se organizar, né?

Fotos: Cortesia Museum of Fine Arts Budapest e The National Gallery

Fonte : em