Galeria22 | Exposição traz bordados de todos os estados brasileiros
A Galeria 22 está no mercado há mais de 20 anos e procura levar aos seus clientes o que há de melhor na arte brasileira, sempre com o objetivo de valorizar o investimento de quem se interessa por esse mercado.
galeria, obra de arte, escultura, pintura, gravura, desenho, artistas brasileiros, exposições
19872
post-template-default,single,single-post,postid-19872,single-format-standard,theme-bridge,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1200,hide_top_bar_on_mobile_header,columns-4,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.5.4,vc_responsive

Exposição traz bordados de todos os estados brasileiros

Exposição traz bordados de todos os estados brasileiros

A CASA Bordada é a representação de uma casa com janelas, teto e cômodos feitos em tecido

Fotos: Marcos Muzi

A CASA museu do objeto brasileiro apresenta uma exposição de bordados feitos à mão por bordadeiras e bordadeiros dos 26 estados brasileiros e Distrito Federal, idealizada pela diretora geral do museu, Renata Mellão. As peças e objetos foram pesquisados e selecionados por Renato Imbroisi, curador da mostra, inaugurada dia 10 de maio de 2017. O projeto de montagem reproduz a estrutura de uma casa, com paredes, portas, janelas, cômodos, divisórias, toda feita em tecidos bordados. É uma casa construída com pano, agulha e linha.


São 60 participantes – entre grupos, cooperativas, associações e artesãos individuais –, autores das mais de 200 peças que estarão expostas. É um levantamento inédito do bordado brasileiro, técnica trazida por colonizadores e imigrantes, que adquiriu feições, usos e costumes nacionais, ao mesmo tempo semelhantes e distintos entre si.

“A nossa intenção com este projeto é  valorizar a ‘arte de bordar’. Para tanto, várias viagens foram necessárias para selecionar os grupos, desenvolver e acompanhar toda esta produção, adquirida como acervo pela instituição”, revela Renata.

Durante um longo período, o designer de artesanato, Renato Imbroisi, percorreu comunidades espalhadas por todo o país em busca de trabalhos que representassem a diversidade cultural de cada região. “O resultado é este espetáculo que vocês podem ver. São centenas de pontos, temas e histórias que, juntos, têm emocionado todos os que entram na exposição”, completo Imbroisi.

Em cartaz até o dia 13 de agosto, A CASA Bordada abre de terça a domingo, das 10h às 18h30 na Avenida Pedroso de Morais, 1216, em Pinheiros, São Paulo.

Sobre A CASA museu do objeto brasileiro

A CASA é uma instituição cultural sem fins-lucrativos com 20 anos de existência, que tem como missão contribuir para o reconhecimento, a valorização e o desenvolvimento da produção artesanal e do design brasileiros.  Sua meta é preservar a memória cultural, a memória de ofício artesanal, valorizar o artesão e preservar as técnicas artesanais, transmitir e multiplicar saberes de tradição e gerar renda às comunidades. Esse objetivo é atingido através dos Projetos que o Museu A CASA realiza junto às comunidades e associações de artesãos em várias regiões do Brasil.

Os vários projetos realizados pelo Museu A CASA têm a duração média de 2 anos de trabalho junto aos artesãos e têm o objetivo de valorizar os produtos de técnicas artesanais já existentes em cada local onde o projeto se realiza. É escolhido pelo museu um facilitador (designer) que trabalha com os artesãos na criação, na precificação, no material, na ficha técnica do produto, entre outros. O resultado é a valorização do objeto artesanal contemporâneo que integra as técnicas artesanais tradicionais e o design.

Na finalização do projeto é realizada uma exposição em A CASA museu do objeto brasileiro , com o objetivo de divulgar e tornar conhecido o trabalho excepcional desses artesãos.

Fonte: Museu A Casa