Galeria22 | Mostra aborda a preservação do patrimônio brasileiro
A Galeria 22 está no mercado há mais de 20 anos e procura levar aos seus clientes o que há de melhor na arte brasileira, sempre com o objetivo de valorizar o investimento de quem se interessa por esse mercado.
galeria, obra de arte, escultura, pintura, gravura, desenho, artistas brasileiros, exposições
21015
post-template-default,single,single-post,postid-21015,single-format-standard,theme-bridge,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1200,hide_top_bar_on_mobile_header,columns-4,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.5.4,vc_responsive

Mostra aborda a preservação do patrimônio brasileiro

Mostra aborda a preservação do patrimônio brasileiro

(Créditos: Divulgação / Juliana Chalita)

 

A Caixa Cultural São Paulo recebe, de 10 de janeiro a 4 de março, a exposição A Construção do Patrimônio, que apresenta um panorama da história das políticas públicas de preservação do Brasil.

A mostra também aborda os desafios que envolvem a expansão do conceito de patrimônio e reúne mais de 150 obras, entre documentos raros, quadros e esculturas.

A curadoria é do arquiteto e urbanista Luiz Fernando de Almeida e faz parte da programação das comemorações dos 80 anos de existência do IPHAN, uma das mais longevas instituições públicas brasileiras e a primeira dedicada à preservação e à promoção do patrimônio cultural na América Latina.

 

Ex-voto (Créditos: Divulgação / Marcel Gautherot)

 

A exposição é dividida em 12 ambientes. Dentre o acervo exposto, destacam-se registros e obras de Tarsila do Amaral, Mário de Andrade, Lúcio Costa, Marcel Gautherot, Germano Graeser, Eric Hess, Oscar Niemeyer, Pierre Verger, Mestre Vitalino e uma réplica de Aleijadinho.

Além de importante acervo documental do IPHAN do Rio de Janeiro, São Paulo e Pernambuco, a exposição conta ainda com obras do Museu Histórico Nacional, Música Nacional de Belas Artes, Instituto de Estudos Brasileiros (IEB-USP), MASP, Fundação de Arte de Ouro Preto (FAOP), Casa Juscelino Kubitschek, entre outros.

 

Grupo de Caboclinhos (Créditos: Divulgação / Acervo CCSP)

 

“Uma reflexão sobre a ideia de patrimônio poderá ser uma das mais potentes metáforas dos brutais desafios que vivemos no nosso tempo, diante da dificuldade e necessidade de projetar o nosso futuro”, afirma o curador Luiz Fernando de Almeida.

  •  Caixa Cultural São Paulo – Praça da Sé, 111 – Centro, São Paulo
    (11) 3321-4400
    + Ver mapa
  •  10/01/2018 a 04/03/2018
  •  Terça a domingo: 9h às 19h.
  •  Entrada gratuita.
  •  Acessibilidade para pessoas com deficiência.

Fonte: Site O Beijo